Foto: Roberto Viana/ Ag. Haack/ bahia.ba

Publicado originalmente em: https://bahia.ba/politica/fabio-nogueira-diz-ter-sido-vitima-de-racismo-religioso-no-tre-ba/

 

Segurança o teria forçado a tirar o boné que usava, nesta segunda-feira (11), na chegada ao TRE

 

O ex-candidato a prefeito de Salvador pelo PSOL, Fábio Nogueira, disse ter sido constrangido por um segurança do Tribunal Regional Eleitoral (TRE-BA) a tirar o boné que usava, nesta segunda-feira (11).

“Mesmo diante da explicação de que sou do candomblé e o Estado é laico, o segurança insistiu que eu retirasse o boné”, escreveu em sua página oficial no Instagram.

Fábio Nogueira afirmou que foi até a Ouvidoria do TRE prestar uma reclamação.

“Nenhum órgão público ou privado pode desrespeitar o direito constitucional a liberdade religiosa. Salvador é a cidade mais negra fora da África e o candomblé parte indelével de sua cultura. Tal atitude pode ser considerada como racismo religioso. Cubro a cabeça em respeito a minha religião e ao meu Orixá. Não é o racismo institucional que vai definir como devo cultuar o meu sagrado”, acrescentou.