Muitos de nós já estamos cansados de ouvir dizerem que Salvador é a cidade da música. Sim, somos uma cidade musical, também literária e com grandes potenciais em todas as linguagens artísticas. Contudo, o que devemos refletir são quantas vidas e quantos potenciais artísticos e intelectuais são destruídos todos os dias nos bairros periféricos de nossa Salvador. Quantos jovens, quando não são assassinados, são obrigados à marginalidade ou mesmo a garantirem suas refeições e de seus familiares através de subempregos e veem suas oportunidades apagadas por falta de políticas públicas, que promovam a arte, a cultura e as ciências em todos os bairros de nossa Salvador e em especial nos bairros periféricos?
A prefeitura de uma cidade como Salvador não pode e não deve esquecer o potencial de seus jovens para as artes, a cultura e as ciências. Precisamos garantir que os jovens dos bairros periféricos, principalmente aqueles mais afetados pela violência, tenham oportunidades para construções de caminhos distantes das drogas e do crime. A ausência do poder municipal para a cultura e a educação em diversos bairros de Salvador tem favorecido ações do crime organizado, que não encontra obstáculos para conquistar e até mesmo obrigar membros de nossa juventude ao crime.
Somos favoráveis a investimentos em grandes proporções para o aproveitamento de nossos talentos. A conta é muito fácil e favorece a toda a população, pois a omissão e o desprezo do poder municipal para com a formação de nossa juventude, pode significar a morte antecipada de um artista, intelectual e/ou cientista dentro de nossa juventude, principalmente de nossa juventude negra. Na Câmara Municipal do Salvador, iremos, incansavelmente, pautar as lutas necessárias para obrigar o executivo municipal a investir os recursos advindos dos impostos do povo para quem mais precisa. Vidas negras importam, as vidas de nossa juventude importam. É chegada a hora de garantirmos um mandato na Câmara Municipal do Salvador com viés popular e inclusivo!
Contamos com você para implementar nossas propostas!

1— Criação de Centros de Cultura, arte, ciência e tecnologia, priorizando comunidade em vulnerabilidade social com aproveitamento de prédios escolares e parcerias com ONG´s e Associação de bairros;
2— Ver outras propostas